...
 

Sobre o Projeto Guavira

Tem como objetivo incentivar a criação de uma rede de pessoas e entidades destinadas à pesquisa, cultivo, obtenção de produtos e comercialização da guavira buscando valorizar o enorme potencial desta planta.

Para que o objetivo seja atingido é crucial a sinergia entre as áreas governamentais, setor produtivo, agricultores e instituições de pesquisa e extensão.

A missão do projeto é construir uma Rede integrada de conhecimento científico, tecnológico e de inovação tendo como foco a guavira e a biodiversidade de Mato Grosso do Sul para dar suporte às tomadas de decisão, visando o seu uso sustentável e contribuindo para o desenvolvimento econômico do Estado.

A coesão em prol da integração das ações deverá produzir os efeitos desejados, no sentido de criar ambiente propício à inovação, de forma a transformar o conhecimento em riquezas para o Mato Grosso do Sul.

Quais são os desafios?

  • Um grande desafio está na comunicação, ou seja, é tornar esse conhecimento acessível a todos, disseminar as informações para que as pessoas, instituições e empresas possam fazer uso deste fruto em novos produtos e assim também incentivar o cultivo.

  • Sensibilizar as empresas sobre o potencial de negócios da guavira.

  • Promover a competitividade desta cadeia produtiva por meio da sustentabilidade.

  • Trabalhar de forma integrada entre instituições de pesquisa, empresas, produtores e incentivadores da popularização deste fruto.

  • Gerar produtos competitivos no mercado e que possam ser frutos da sociobiodiversidade.

  • Inovar de forma transversal como uma das alternativas para alavancar o desenvolvimento, por meio da ciência e da tecnologia.

Qual a importância?

Integrar os conhecimentos do tema existentes obtidas pelas diversas entidades e pessoas, bem como gerar novos conhecimentos obtidos por meio das pesquisas em rede que possam valorizar esse fruto e agregar valor econômico.

É importante destacar que, ao gerar esse conhecimento, podemos alinhar estratégias de conservação da biodiversidade, de promoção do desenvolvimento econômico sustentável.

Quem somos nós?

Foto anonima

Claudia Andrea Lima Cardoso

Docente da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul